Translate

domingo, 30 de abril de 2017

IGREJA NÃO ESTAVA PREPARADA PARA DIAS PIORES OS FIÉIS ESTAVAM DESPREVENIDOS PARA O QUE VIRIA PELA FRENTE; INFELIZMENTE, O SINCRETISMO PASSOU A FAZER PARTE DA VIDA DOS CRISTÃOS TAMBÉM, COM DIFERENTES FILOSOFIAS

Mali é 44º país na Classificação da Perseguição Religiosa e a igreja tem vivido uma grande agitação desde a revolta de 2012, quando ocorreu um Golpe de Estado. Desde então, a insegurança deixou de ser o único desafio dos cristãos. Assim que o país perdeu a estabilidade, a igreja descobriu que não estava preparada para dias piores. Os fiéis estavam desprevenidos para o que viria pela frente. Infelizmente, o sincretismo passou a fazer parte da vida dos cristãos também, com diferentes filosofias. Os líderes não puderam fazer muita coisa e não foram treinados para combater as falsas doutrinas. Além disso, os cristãos vivem na extrema pobreza e possuem uma compreensão bíblica limitada para saber lidar com isso sem afetar sua fé. Atualmente, colaboradores da Portas Abertas tem trabalhado no meio deles, batalhando para melhorar o ministério de líderes. Cinco motocicletas foram doadas à igreja para facilitar a vida dos evangelizadores. Pedidos de oração Ore pelo crescimento e fortalecimento da igreja no Mali. Interceda pelos líderes malianos e pela equipe da Portas Abertas que agora atua por lá. Peça ao Senhor por provisão física e cura espiritual. Que as falsas doutrinas sejam combatidas e que o Espírito de Deus prevaleça nesse país. Juntos pela África Os cristãos de alguns países da África Subsaariana enfrentam uma das piores perseguições de sua história. No dia 11 de junho, data escolhida para o Domingo da Igreja Perseguida 2017, juntos faremos mais pelos nossos irmãos dessa região.