Translate

sexta-feira, 12 de maio de 2017

A ESPERANÇA DO PENTECOSTES - A HISTÓRIA DO AVIVAMENTO AZUSA SEGUNDO FRANK BARTLEMAN

Escrevi mais artigos para a imprensa religiosa, dos quais seguem-se alguns trechos: "Devagar, mas cada vez mais, há maior convicção entre os santos do sul da Califórnia de que Deus vai derramar o Seu Espírito como o fez no País de Gales. Temos fé em coisas que antes nem sonhávamos existir e que ocorrerão no futuro próximo. Estamos certos de que haverá nada menos do que um "Pentecostes" para todo o país. Jamais haverá, entretanto, resultados pentecostais sem o poder pentecostal. Isso significa manifestações pentecostais. Poucos querem ver Deus face a face!" "Carne e sangue não podem herdar o reino de Deus." Outra vez escrevi: "O Avivamento atual está passando por nossa porta. Havemos de lançar-nos no seu poderoso seio a fim de sermos transportados à gloriosa vitória? Um ano de vida agora, com todas as maravilhosas oportunidades de servir a Deus, vale mais que cem anos de vida habitual. "O Pentecostes" está batendo às nossas portas. O Avivamento de nosso país não é mais uma dúvida. Devagar, mas visivelmente, a maré está crescendo, até que em breve teremos uma enchente de salvação que tocará a todos que estão diante de nós. O País de Gales não ficará mais só neste grande triunfo para o nosso Cristo. O espírito de Avivamento está vindo sobre nós, impulsionado pelo sopro de Deus, o Espírito Santo. As nuvens estão chegando rapidamente, carregadas de grande chuva que em breve cairá." "Heróis surgirão do pó de circunstâncias escuras e odiosas, e seus nomes serão alardeados nas páginas da fama eterna no céu. O Espírito paira sobre nossa pátria como no alvorecer da criação, e a ordem de Deus é ouvida: "Haja luz!" "Irmãos e irmãs, se todos cressem, o que poderia acontecer? Muitos de nós aqui vivemos só para isso. Um grande volume de orações dos que crêem está subindo ao trono noite e dia. Los Angeles, o sul da Califórnia, e todo o continente encontrar-se-á dentro em breve num poderoso Avivamento pelo Espírito e pelo poder de Deus." A bastante tempo oramos por um Pentecostes, e ele parecia prestes a começar. É óbvio que não sabíamos o que era um verdadeiro Pentecostes. O Espírito, porém, sabia e nos guiava adiante para pedir o que era correto. Uma tarde, depois de uma reunião na Igreja do Novo Testamento, sete de nós fomos dirigidos a dar as mãos e concordar em oração para o Senhor derramar logo o seu Espírito, "com sinais a o seguir" (Marcos 16:17, 20). De onde tiramos esta idéia naquele momento não sei. O Senhor mesmo deve ter sugerido isto a nós. Não pensávamos em falar em línguas. Nenhum de nós jamais havia ouvido falar em tal coisa (estávamos em fevereiro de 1906). Enquanto permanecia de joelhos numa reunião de oração, o Senhor disse-me que me levantasse e fosse à lona do irmão Brownley. Deu-me uma mensagem para eles. Eu estava com grande peso no espírito, mas depois de falar, sentimo-nos totalmente quebrantados e choramos muito diante do Senhor. Depois, escrevi um folheto comovedor, intitulado "A Angústia da Intercessão". O Senhor também me revelava muito sobre o "sangue". Passei mais uma noite orando com o Senhor Boehmer, e o Senhor me deu um ministério muito abençoado em Pasadena em diferentes reuniões. Numa reunião fiquei prostrado duas horas sob a carga pelas almas perdidas. A batalha ficava cada vez mais renhida. No dia 26 de março fui a uma reunião na casa da Rua Bonnie Brae. Tanto irmãos brancos quanto negros estavam unidos ali em oração. Eu fora a uma reunião de oração numa casa, um pouco antes, onde encontrei o irmão Seymour. Ele acabara de vir do Texas. Era um negro simples, espiritual e humilde, cego de um olho. Ele freqüentava as reuniões na Rua Bonnie Brae. No final de março de 1906, o Senhor me havia dado um outro folheto intitulado "A Última Chamada". Foi grandemente usado para despertar as pessoas. Seguem-se alguns trechos: "E agora mais uma vez no final desta era, Deus faz a última chamada; a chamada da meia-noite está sobre nós, ressoando claramente em nossos ouvidos. Deus dará mais uma oportunidade, a última chamada, um Avivamento mundial. Depois virá o julgamento de todo o mundo. Um acontecimento tremendo está para acontecer!"