Translate

terça-feira, 16 de maio de 2017

FILHA DE FEITICEIRA ENCONTRA A CRISTO E QUEBRA MALDIÇÃO DE FAMÍLIA TODOS OS HOMENS DE SUA FAMÍLIA MORRERAM OU FICARAM INVÁLIDOS POR JARBAS ARAGÃO

Na Tailândia o budismo é a religião mais popular e as superstições fazem parte do cotidiano. Isso inclui participar de rituais de invocação de mortos. A mãe de Prang era uma feiticeira, ela dizia ter a capacidade de falar com os espíritos dos mortos, mas isso só trouxe morte e tristeza. Por causa do envolvimento de sua mãe com esses espíritos malignos, todos os homens da família ou morreram ou sofreram acidentes inexplicáveis. “Minha mãe dizia ser médium e se comunicava com um espírito maligno”, disse Prang a um missionário da SIM na Tailândia. “Quando ela ficava possuída pelo espírito, previa o futuro das outras pessoas e dos seus filhos. Minha mãe sempre fazia oferendas de flores e dinheiro aos espíritos para que eles lhe dessem mais e mais poder”.A mulher frequentava regularmente os templos budistas de Nakhon Si Thammarat e Surathanni, onde buscava o favor do mundo espiritual. “Quando minha mãe fazia invocações, podia sentir a presença de espíritos aos seu redor. Ela sabia que algo vindo das trevas estava tentando tomar conta dela e quanto mais ela trabalhava para esse espírito, mais medo ela sentia”, relata Prang. Ao mesmo tempo, vários de seus parentes também consultavam espíritos. “Todos na minha família tinham muito medo e todos nós sofríamos por causa desses espíritos”, lembra. Por causa disso, sublinha, quatro deles nunca conseguiram sorrir. Depois de um tempo, começaram a ocorrer acidentes e mortes estranhas. “Já não temos homens na família porque todos morreram em acidentes. Os que sobreviveram ficaram inválidos”, lamenta a tailandesa. “Meu pai, meus irmãos mais velhos, e meu tio estão jogados em uma cama.” Essa opressão espiritual deixou a jovem ansiosa por achar uma solução, pois sua família não tinha paz. Tempos depois ela foi trabalhar como empregada doméstica na casa de um cristão chamado Simon. “Eu ouvi pela primeira vez sobre Deus na casa de Simon. Trabalhei para aquela família por oito anos. Dois anos atrás, Simon passou por muitas provações. Ele teve sérios problemas financeiros e acabou perdendo a casa. Mas eu vi uma coisa maravilhosa na sua vida, mesmo cheio de problemas, ele não tentava fugir deles.” Durante a convivência com uma família cristã, Prang aprendeu mais sobre o Deus da Bíblia, até que decidiu entregar sua vida a Jesus Cristo. Somente então encontrou a paz que nunca tinha conhecido. “Eu me tornei cristã porque eu vi como Simon continuava servindo a Deus com alegria durante seu tempo de angústia. Desde que aceitei Jesus, tenho paz. Por causa do poder de Cristo sobre o mal, os espíritos malignos não podem mais me incomodar, estou livre deles. Apesar de não gostarem muito no início, minha irmã e agora minha mãe aceitaram a Cristo. Os espíritos não podem mais nos incomodar”, comemora. Para ela, finalmente estão livres dessa maldição. Com informações God Reports