Translate

quinta-feira, 4 de maio de 2017

MÃE DE BEBÊ ‘SEM CRÂNIO’ SE RECUSA A ABORTAR E VÊ FILHA CRESCER SAUDÁVEL: “DEUS É GRANDE” SANDY FOI ORIENTADA PELOS MÉDICOS A ABORTAR O BEBÊ QUE ESTAVA COM PARTE DO CÉREBRO PARA FORA. A MÃE RESOLVEU CONFIAR EM DEUS E HOJE SUA FILHA, QUE JÁ FEZ 9 ANOS, ESTÁ SAUDÁVEL. FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN NEWS

Sandy estava com seis semanas da sua primeira gravidez quando ouviu Deus dizer que seu bebê seria uma menina e que ela deveria chamá-la de Zoe, que significa vida. "Naquele momento, eu pensei que tudo ia ser só alegria. Eu não tinha ideia do que estava por vir nos meses seguintes", disse. O marido de Sandy, Shane, lembra da ultrassonografia quando sua esposa estava com 20 semanas. O médico disse que havia um problema. O crânio de Zoe não tinha fechado e 40% de seu cérebro estava para fora. "Eles chamaram isso de Encefalocele Posterior. Que a parte de trás de seu crânio não se fecharia e que ele podia ver seu crânio e onde estava aberto. E que o cérebro havia começado a crescer para fora de sua cabeça. Uma porcentagem estava fora. Nosso coração se entristeceu”, contou. "Lembro que as lágrimas começam a escorrer no meu rosto. Eu me lembro de meu marido dizendo: 'Bem, quais são as chances dela sobreviver? Quais são as chances de que ela consiga superar isso?'" Shane se lembra da resposta do médico: "Ele disse: 'Na minha profissão de 30 anos, nunca vi um caso como este fazer com que a criança nascesse'. E eu perguntei de novo argumentando que poderia haver uma porcentagem". Aborto! O médico recomendou que abortassem Zoe. Sandy e Shane decidiram que não fariam isso. "Nós não vamos fazer isso. Servimos a um Deus grande demais", disse ela. "A vida, se está no ventre por 9 ou 8 meses, é vida. E é uma vida que não podemos tirar", ressaltou. Shane disse: "Começamos a conversar e a compartilhar as Escrituras. Realmente acreditamos que Zoe significa vida e que o inimigo vinha para tentar roubar, para tirar a vida dela. E nós acreditamos no que a Palavra de Deus diz. Que os filhos são uma bênção do Senhor. Nós tínhamos que ter fé que Deus a amava, mais do que eu e minha esposa juntos. Que Ele a ama mais do que nós. E colocamos nossa fé e confiança em Deus. Apesar do que sentimos, apesar da opinião dos médicos. E para nós foi o momento mais crítico, creio eu, porque foi o momento em que nos reunimos e tomamos uma decisão”, lembrou. Durante meses, eles se agarraram à esperança e oraram por um milagre. "A fé é a única coisa que agrada a Deus", diz Shane. "E assim nossa parte é simplesmente acreditar. Nossa parte não é realizar o milagre. Não há nada que possamos fazer. Não há nada que os médicos possam fazer”, ressaltou. Sandy disse: "Lembra-te do que Deus me falou? Ele sabia que seu nome seria Zoe. Ele sabia que ela teria vida. Ele sabia o resultado antes mesmo de sabermos o diagnóstico ou o problema. Ele sabia tudo o que ia acontecer. E assim nós nos apegamos ao fato de que sabíamos o que Deus tinha falado. Que Ele disse que ela teria o Deus da vida. E o tipo de vida de Deus é alegria, paz. E assim eu me agarrei a essa palavra com muita força", contou a mãe. Fé posta à prova Apesar de todas as probabilidades, Zoe nasceu. Durante o parto, mais uma vez, sua fé foi posta à prova. "A primeira coisa que eu vi de Zoe foi seu cérebro. Não havia um crânio atrás de sua cabeça. Foi muito difícil pois eu não sabia se ela conseguiria", disse Shane. "Eu só me lembro de olhar para aquela pequena incubadora e ela ergueu a pequena cabeça. Ela ficaria bem", disse Sandy. "E eu não questionei, neste momento, se ela continuaria a viver, o que aconteceria. Ela era tão perfeita para mim e tão pequena. E eles enfaixaram a cabeça dela, mas eu sabia que Deus tinha planos enormes. Eu não sabia o que seria, tudo o que aconteceria em sua vida. Mas eu sabia que ela era o bebê mais bonito que eu já tinha visto. E eu mal podia esperar para pegá-la e segurá-la”, pontuou. Dois dias depois, Zoe fez a cirurgia para fechar o furo em seu crânio. E em apenas cinco dias ela foi liberada do hospital. Shane e Sandy dizem que Deus continuou a responder suas orações e fornecer cura e vida. "Zoe é uma bênção. Ela é uma das maiores alegrias da minha vida ", diz Shane. “Ela tem 9 anos hoje e está cheia de vida. Ela está cheia de energia. Agradeço a Deus por escolhermos acreditar. E as pessoas que nos cercavam eram pessoas de fé", finalizou.