Translate

sábado, 6 de maio de 2017

ORAÇÃO “EM NOME DE JESUS” DURANTE RESGATE DE ACIDENTE DEVOLVE A VIDA A BEBÊ AFOGADO POR TIAGO CHAGAS

Uma criança que poderia ter morrido em decorrência de um acidente foi socorrida por voluntários e a oração de um deles interrompeu um momento de angústia e incertezas. Ao clamarem o nome de Jesus, a criança voltou a respirar. A história do milagre começou durante um tornado, que atingiu o estado do Texas (EUA) no último sábado, 29 de abril. Uma família que trafegava por uma das estradas que atravessam o condado de Van Zandt, teve seu veículo arrastado pela força dos ventos e lançado em um riacho. O carro terminou de rodas para o ar, e os voluntários que viram o acidente correram para retirar a família de dentro, afim de evitar que morressem afogados. Tom Mitchell, um dos que se apressaram em socorrer as vítimas do acidente, filmou todos os acontecimentos. Na caminhonete estavam um pai, uma criança e um bebê, aparentemente com cerca de um ano de vida. Com dificuldade, os voluntários conseguiram abrir a porta e retirar as vítimas, mas a menina pequena estava prestes a morrer afogada. “A criança estava branca, ficando com uma aparência cinza azulada, sem cor, e os olhos não estavam focados quando eu olhei para ela”, disse Mitchell à rede americana WFAA-TV. Percebendo que aqueles momentos poderiam ser os últimos da criança, o homem decidiu guardar seu celular no bolso. “Este bebê vai morrer se eu não começar logo uma reanimação cardiopulmonar”, pensou Mitchell. “Um sentimento negativo veio sobre mim. Este bebê não pode fazer isso, este bebê não pode fazer isso. Sem reação, nada estava acontecendo”, acrescentou, relembrando os momentos de angústia. No entanto, mesmo guardado, o celular continuou gravando, e é possível ouvir que uma mulher que estava entre os voluntários decidiu clamar a Deus por ajuda: “Em nome de Jesus, deixe o bebê respirar, Senhor! Dê respiração ao bebê, Senhor! Querido Jesus, por favor, deixe o bebê respirar”, dizia a mulher repetidamente. As orações surtiram efeito, de acordo com Mitchell: “Na primeira oração que ela fez, eu senti uma resposta na criança”, relatou. Um dos voluntários notou que a criança tinha vida: “Ela está respirando!”, gritou, enquanto os outros voluntários também reanimavam a outra criança. A família que estava no veículo foi salva da morte pela ação voluntária de um grupo de pessoas, mas o milagre veio com a oração: “Eu acho que isso mostra como a comunidade e estranhos podem trabalhar juntos”, comentou Mitchell, que disse ter se sentido obrigado a compartilhar o vídeo, para inspirar outros. De acordo com informações do WND, o pai das crianças está internado, mas usou as redes sociais no último domingo, 30 de abril, para dizer que todos estão bem: “Ela está em condição estável e está melhorando. Ainda está sob sedação, mas irão retirar o tubo de respiração pela manhã para ver se ela consegue respirar por conta própria”, disse.