Translate

quinta-feira, 8 de junho de 2017

EX-MORADOR DE RUA USA DINHEIRO DA MÚSICA GOSPEL PARA RESGATAR OUTROS DESABRIGADOS POR CAUSA DE UMA DESAVENÇA COM OS PAIS, EDY SAIU DE CASA E PASSOU A MORAR NA RUA. APÓS SE CONVERTER, ELE SE TORNOU CANTOR E USA PARTE DE SUA RENDA PARA AJUDAR OUTROS MENDIGOS. FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA REDE SUPER

Hoje Edy Rodrigues tem uma vida considerável, mas nem sempre foi assim. Na verdade, seu passado é marcado por anos morando na rua. Vindo de uma família simples, o cantor lembra o motivo de ter saído de casa. Sou de uma família pobre e humilde. Minha mãe teve sete filhos e foi uma mulher guerreira, trabalhadora, que cuidou dos filhos sozinha, disse. "Mas, devido a um desentendimento que eu tive em casa, bullying que eu sofri na escola devido a pobreza que nós tínhamos. Eu vim tomar banho de chuveiro quente depois dos 22 anos, por exemplo. E por causa de um desentendimento na família eu acabei virando um mendigo, revelou. "Saí de casa com a intenção de ficar três dias fora. Esses dias se transformaram em dois anos e quatro meses". Edy conta que não foi fácil passar tanto tempo morando nas ruas de Belo Horizonte, e relatou: Eu já tomei banho na Praça Pública, a Raul Soares, eu tomava banho ali. Eu cheguei a comer comida do lixo e a beber água do esgoto. Tentei me suicidar de cima do viaduto de Santa Tereza, acima do Parque Municipal. Mas o pior dia que vivi nas ruas foi quando eu bebi água do esgoto, pontuou. Drogas e Violência: Edy ainda falou sobre seu envolvimento com as drogas. Nas ruas, a maioria do mendigos precisam se drogar para sobreviver. Eu me envolvi com cachaça, com a maconha, cola e até mesmo por causa das agressões que acontecem. Eu quase morri nas ruas devido jovens vindo da balada. Um dia eu domingo debaixo da marquise, eles quebraram uma garrafa de whisky na minha cabeça, contou. Mas, um dia tudo isso mudou. Ele finalmente voltou para casa, fez as pazes com sua família. Ele conta que um homem o abordou de forma diferente, oferecendo-lhe ajuda para voltar à casa de sua mãe. Mesmo sem saber o que o esperava, o ex-morador de rua aceitou a oferta e voltou para casa. Para surpresa dele, a mãe o recebeu bem. Edy passou a frequentar uma igreja evangélica. Eu acredito que o próprio Espírito Santo me conduziu de volta para casa, porque é difícil sabe? Um mendigo sair das ruas. Ai eu passei a ir para a igreja, comecei a conhecer a Cristo e fui recebido pela Igreja Quadrangular, que abriu as portas pra mim e lá eu fui sendo lapidado, ressaltou. Agora Edy leva a Palavra de Deus por meio da música. Ele está lançando seu segundo CD e separa 15% de todo faturamento que tem e volta ao lugar onde dormia para cuidar de pessoas que vivem a mesma situação que ele viveu. Confira a participação de Edy no programa Domingo Legal, em 2015: