Translate

domingo, 14 de maio de 2017

4 COISAS QUE VOCÊ, COMO UM VENCEDOR, DEVE FAZER- PASTOR MIKE MURDOCK -SABEDORIA PARA VENCER

1. Reformule seu conceito sobre Deus. Qual é sua idéia e opinião sobre Deus? Para você, Ele é um ditador carrasco ou um pai amoroso? Leia Lucas 15, e encontrará uma descrição do Pai que Jesus conheceu. A total obediência e respeito que Jesus tinha por Seu Pai indicavam a imagem de Deus que Ele possuía em mente, resultando em confiança. Vá além daquilo que tem ouvido ou imaginado de Deus. Leia os Evangelhos. A natureza, a compaixão, o amor do Pai são refletidos por meio das atividades e atitudes de Jesus Cristo. Jesus separou tempo para conversar com uma mulher samaritana, com crianças, com um cobrador de impostos em uma árvore. Pessoas importavam para Jesus. Dedique tempo desenvolvendo um conceito apropriado de Deus. Reconstrua a imagem mental que reforce a sua fé na direção dele. Por meio de bons livros, de canções inspiradas e ao compartilhar o dele amor com os outros, você corrigirá e ampliará o seu conhecimento de Deus. PRINCÍPIO DE SABEDORIA 7: Ninguém tem sido tão perdedor quanto Satanás. 2. Reconheça as limitações de Satanás. Certamente, há uma necessidade de compreender o dano da influência demoníaca. No entanto, pela Palavra, você entenderá as limitações dos esforços dele. Satanás é um mentiroso, enganador, manipulador. Eu poderia acrescentar que ele é um perdedor; um ex-empregado do céu que foi "despedido". Ele está destinado à total destruição. Está sob o domínio daqueles que são co-herdeiros com Cristo, o qual sujeitou todas as coisas a seus pés (Efésios 1.22). Satanás e as forças demoníacas estão abaixo de nós. Somos mais do que vencedores (Romanos 8.37a). Lembre-se, você é um vencedor! Quando achar que está em seu nível mais baixo, ainda estará acima do diabo! PRINCÍPIO DE SABEDORIA 8: Aqueles que não respeitam o seu tempo não respeitarão sua sabedoria também. 3. Compreenda as necessidades dos outros. Duas classes de pessoas receberam a atenção de Jesus: as que receberam o Seu ministério e o Seu trabalho, como Zaqueu (Lucas 19.2) e a mulher samaritana (João 4.9); e as que o assistiram, como Maria e Marta (Lucas 10.38). O relacionamento de Jesus com os fariseus revelou que eles demonstraram desprezo, irritação e absoluto desrespeito por Ele. Eles não o assistiram nem receberam o Seu ministério. Jesus deu atenção a pessoas com necessidades que Ele podia satisfazer. Para as pessoas que o receberam, milagres aconteceram. Se a rebelião vinha à tona, Jesus se desconectava delas. Ele sabia como dizer não quando necessário. Discirna pessoas em sua vida. Se você é uma influência positiva para outros, isso se tornará claro. Se não está estimulando os outros a crescer, haverá chances de que eles sejam uma influência negativa para você. Anda com os sábios e serás sábio, mas o companheiro dos tolos será afligido (Provérbios 13.20). Jesus não podia passar tempo com todos. Ele nunca usou o tempo que poderia ter dedicado a Zaqueu para ser maltratado pelos fariseus. Desenvolva a habilidade de ouvir de Deus o papel que alguém terá em sua vida. 4. Reconstrua uma boa imagem de si mesmo. Os pais, a escola e os amigos nos condicionam. Nós nos tornamos conscientemente falhos. As vezes, tornamo-nos mais concentrados no problema do que nas possibilidades. Concentramo-nos em nossas fraquezas, e perdemos a confiança e o autorrespeito. Concentre-se nos pontos fortes. As vezes, o que você considera um ponto fraco é, na realidade, um dom de Deus implantado em você. Permita-me ilustrar. Eu sempre gostei de falar. Meu pai foi e é um homem muito quieto. Eu admirava isso. Então, tentei, com pouco sucesso, treinar minha boca para ficar calado! Eu memorizei passagens bíblicas sobre falar demais. Reprimi minhas opiniões nas conversas. Oh, eu admirava e tentava imitar amigos retraídos, tímidos e quietos. Impossível. Eu tinha de falar! Então, por meio de um gentil e terno cuidado, minha mãe e meu pai me ajudaram a ver que Deus me tinha dado um dom, para eu me expressar e tornar claras algumas verdades. Eu podia estudar e trabalhar para fazer minhas palavras edificantes e motivadoras, um ponto forte. Desde então, simplesmente peço a Deus para me dar palavras que abençoem aqueles ao meu redor!   PRINCÍPIO DE SABEDORIA 9: Pare de ver o que você tem. Comece a ver o que você pode ter. Pare de falar do que está faltando. Seja agradecido pelos dons recebidos de Deus! Dê ouvidos ao homem que escreveu a metade do Novo Testamento. Paulo disse: Posso todas as coisas naquele que me fortalece (Filipenses 4.13). Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores (Romanos 8.37). Paulo tinha o conceito correto sobre Deus, sobre Satanás, sobre as pessoas e sobre si mesmo. O apóstolo Paulo foi um vencedor. Ele permaneceu entusiasmado em um mundo desanimado!
Postar um comentário