Translate

segunda-feira, 15 de maio de 2017

A VERDADEIRA RELIGIÃO É RESUMIDA NO AMOR - JONATHAN EDWARDS (1703-1758), O MAIOR TEÓLOGO DA AMÉRICA, ESCREVEU SEU TRATADO SOBRE AFEIÇÕES RELIGIOSAS TENDO COMO PANO DE FUNDO O GRANDE DESPERTAMENTO, O EQUIVALENTE AMERICANO DO QUE OS BRITÂNICOS CHAMAM DE O AVIVAMENTO EVANGÉLICO

O amor é a principal de todas as emoções. É o que Jesus ensinou quando alguém Lhe perguntou qual era o maior mandamento: "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o primeiro mandamento. O segundo, seme-lhante a este, é: amarás o teu próximo como a ti mesmo. Nestes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas" (Mat. 22:37-40). O apóstolo Paulo ensinou a mesma coisa: "o cumprimento da lei é o amor" (Rom. 13:10). "O intuito da presente admoestação visa o amor que procede de um coração puro"(I Tim. 1:5). Em I Cor. capítulo 13, Paulo fala do amor como a maior coisa no cristianismo, sua essên¬cia e alma, sem o qual tornam-se inúteis o maior conhecimento, dons e obras. Isto prova claramente que a verdadeira religião se encontra principalmente em nossas emoções. O amor não é, pois, somente uma das emoções, e sim, a maior delas (por assim dizer), a fonte de todas as outras. É do amor que surge o ódio - ódio pelas coisas que são contrárias ao que amamos. De um amor vigoroso, afetuoso e fervoroso a Deus surgem outras emoções espirituais: um ódio ao pecado; um temor de desagradar a Deus; gratidão a Deus por Sua bondade; alegria em Deus quando experimentamos Sua presença; tristeza quando sentimos Sua ausência; esperança por um gozo futuro de Deus; zelo pela glória de Deus. Da mesma forma, amor ao nosso próximo produzirá todos os outros sentimentos corretos em relação a eles.
Postar um comentário