Translate

sexta-feira, 12 de maio de 2017

CIA CRIA UNIDADE ESPECIAL PARA LIDAR COM COREIA DO NORTE

Os Estados Unidos estão a levar cada vez mais a sério as ameaças do regime norte-coreano. A CIA anunciou a criação de uma unidade especial e espera mais cooperação de Seul. A CIA criou um Centro de Missão para lidar com o problema da Coreia do Norte, que vai abordar a ameaça nuclear e de mísseis balísticos representada pelo seu líder imprevisível, anunciou a agência de inteligência norte-americana. O diretor da CIA, Mike Pompeo, disse que a criação do centro mostra os esforços da agência contra as "ameaças sérias e emergentes da Coreia do Norte, que nos últimos meses aumentou os testes nucleares e de mísseis de longo alcance. Como as ameaças que nossa nação enfrenta são dinâmicas, também a CIA deve continuar a evoluir para enfrentá-las", afirmou Heather Fritz Horniak, uma porta-voz da agência.CIA é a sigla em inglês para Agência Central de Inteligência, e tem como missão coletar, avaliar e distribuir informações que sejam de uso da administração norte-americana na tomada de decisões sobre segurança nacional. Ela também pode se engajar em ações secretas, a pedido do presidente, mas não lhe é permitido espionar as atividades domésticas dos americanos ou participar de assassinatos, apesar de já ter sido acusada de tais atos.Nos EUA, as primeiras agências formais e organizadas não surgiriam antes dos anos 1880, quando são instituídos o Escritório da Inteligência Naval e a Divisão de Inteligência Militar do Exército. Por volta da Primeira Guerra Mundial, foi criada a Divisão de Investigação, precursora do FBI. A estrutura da inteligência continuou através de várias reestruturações. Em 1947, o Presidente Harry Truman assina o Ato de Segurança Nacional, que criou a CIA. Apesar de a agência ter um histórico de envolvimento em falhas e escândalos de espionagem, o governo ainda depende muito desta para fornecer inteligência e segurança nacional. A CIA responde tanto ao poder executivo como ao legislativo. Por muitos anos, a principal missão da agência era proteger os Estados Unidos contra o comunismo e a União Soviética durante a Guerra Fria. Atualmente, a agência tem um trabalho bem mais complexo: proteger os Estados Unidos das ameaças terroristas de todo o globo terrestre. A CIA está dividida em quatro equipes diferentes, cada uma com suas responsabilidades: 1 - Serviço Secreto Nacional (National Clandestine Service) Nele que atuam os chamados "espiões", funcionários do NCS que, sob disfarce, coletam inteligência estrangeira (ou humana). Seus funcionários são pessoas com bom nível educacional, falam outros idiomas, gostam de trabalhar com pessoas de todo o mundo e podem se adaptar a qualquer situação, incluindo as que envolvem riscos. Familiares e amigos dessas pessoas jamais chegam a saber exatamente o que os funcionários do serviço secreto fazem. 2 - Diretório de Ciência e Tecnologia Tal equipe atrai os interessados em ciência e engenharia, sendo responsável pela coleta inteligência pública ou de fonte aberta (informação vinda da TV, no rádio, revistas ou jornais, fotografia eletrônica e de satélite). 3 - Diretório de Inteligência A informação recolhida pelas duas outras equipes é entregue ao Diretório de Inteligência, responsável por interpretar a informação e fazer relatórios sobre esta. Seus membros devem ter excelentes habilidades analíticas e de escrita, segurança na apresentação de informações para grupos e ter a capacidade de lidar com a pressão de prazos. 4 - Diretório de Apoio Equipe que fornece apoio para o resto da organização, além de lidar com contratações e treinamento. É a área dos especialistas em um determinado campo, como um artista ou funcionário de finanças, generalistas, com muitos talentos diferentes.
Postar um comentário